quinta-feira, 6 de outubro de 2011

Cores do meu dia









Que tempo este que mente para a borboleta despertando-a, que transforma a queda das folhas num recanto de banhos de sol e a pouca roupa do nosso corpo contrasta com a luz dos dias mais pequenos.

Sinto o calor de um verão quente, a beleza do outono amarelo, o acordar da primavera sem pressa para o inverno!

Katika