quarta-feira, 27 de janeiro de 2010

Abraços e Beijos por DeRose

Quando você escreve “abraço“ ou “beijo” no final de algum comentário, quero que saiba que eu paro, fecho os olhos e sinto realmente que você está me abraçando ou osculando. Quando se trata de alguém que já me abraçou de fato, consigo sentir e identificar o tato dos seus braços e das suas mãos, que são únicos e diferentes dos de todos os demais. Identifico a força do abraço de um amigo ou a delicadeza do abraço de uma amiga. Ocorre o mesmo com relação ao ósculo. Se você prestar atenção, verá que também sentirá a mesma coisa quando eu escrever, transmitindo meu carinho.

DeRose
Blog do DeRose


Eu achei este post a minha cara...só falta os sorrisos e os ronrons :D

Santôsha - Contentamento do código de ética do Yôgin



VII. SANTÔSHA

· A sétima norma ética do Yôga é santôsha, o contentamento.
· O yôgin deve cultivar a arte de extrair contentamento de todas as situações.
· O contentamento e sua antítese, o descontentamento, são independentes das circunstâncias geradoras. Surgem, crescem e cingem o indivíduo apenas devido à existência do gérmen desses sentimentos no âmago da personalidade.
· O instrutor de Yôga deve manifestar constante contentamento em relação aos seus colegas e expressar isso através da solidariedade e apoio recíproco.
· Discípulo é aquele que cultiva a arte de estar contente com o Mestre que escolheu.
Preceito moderador:
A observância de santôsha não deve induzir à acomodação daqueles que usam o pretexto do contentamento para não se aperfeiçoar.